O Evento

Um dos eventos espíritas mais tradicionais do país, a Semana de Kardec, está de volta com uma programação muito especial. Entre os dias 08 e 14 de abril, a Comunidade Espírita “A Casa do Caminho”, promotora do evento que completa 27 edições, receberá grandes oradores espíritas brasileiros para discutir um tema que sempre acompanhou a humanidade produzindo dúvidas e inquietações:


O problema do ser, do destino e da dor

Inspirados na obra de Léon Denis que tem o mesmo título, vamos mergulhar no conhecimento espírita para deciframos estas questões tão importantes para a renovação do pensamento humano e por consequência do próprio homem.

Idealizada por Isabel Salomão de Campos, fundadora, diretora-presidente da “A Casa do Caminho”, a Semana de Kardec vem contribuindo ao longo das décadas para a divulgação do espiritismo em sua pureza doutrinária. Nestas 27 edições, mais de cem mil pessoas já foram alcançadas pelo evento que já reuniu conferencistas espíritas de diversos estados do Brasil, parte deles diretamente envolvido com pesquisas em diversas universidades do país.

Como acontece todos os anos, as inscrições para o Simpósio são gratuitas e podem ser feitas neste site a partir de agora. Não são necessárias inscrições para os eventos que acontecem de 2ª a 5ª feira.

Não perca a chance de participar da 27ª edição da Semana de Kardec.

Nós esperamos por você!

 

“O universo é regido pela lei da evolução; é isso o que entendemos pela palavra progresso. E nós, em nosso princípio de vida, em nossa alma, em nossa consciência, estamos para sempre submetidos a essa lei. Não se pode desconhecer, hoje, essa força, essa lei soberana; ela conduz a alma e suas obras, através do infinito do tempo e do espaço, a um fim cada vez mais elevado; mas essa lei não é realizável senão por nossos esforços. Para fazer obra útil, para cooperar na evolução geral e recolher todos os seus frutos, é preciso, antes de tudo, aprender a discernir, a reconhecer a razão, a causa e o fim dessa evolução, saber aonde ela conduz, a fim de participar, na plenitude das forças e das faculdades que dormitam em nós, dessa ascensão grandiosa. Nosso dever é traçar a trajetória à humanidade futura, da qual ainda faremos parte integrante, como no-lo ensinam a comunhão das almas, a revelação dos grandes Instrutores invisíveis e como a Natureza o ensina também por seus milhares de vozes, pelo renovamento perpétuo de todas as coisas, àqueles que a sabem estudar e compreender.”

Léon Denis